_AMOR, FLOR, VERDURA, PALAVRA, TUDO É SEMENTE!

_VIDA, HORTA, JARDINAGEM,

PROSA E POEMA:

PALAVRA ESCRITA E SEMEADA...

SEMPRE O MESMO PRINCÍPIO

GENEROSO DA SEMENTE.



Histórico e registro do projeto de criação e transformação de um quintal, hoje com horta, pomar e jardim, que já foi um grande monte de entulhos, mas que está se revelando um pedacinho do paraíso.
Verifique o "Antes e o depois" nos primeiros posts... Acredite... Aconteceu...
O possível se faz agora, o impossível demora um pouquinho mais...
De quebra vão alguns textos,receitas,meditações, artigos e poemas, semeados entre flores e verduras...
Que mistura...

Os textos e fotos são de própria autoria, aqueles que não o forem, trarão referência do autor.
Nossas imagens não deverão ser usadas para qualquer tipo de promoção de cunho comercial sob pena de responsabilização legal. Grata.


"Existe duas maneiras de ver o mundo: A primeira é que não existe milagres.
A segunda é que tudo é milagre."
Albert Einstein

Além das experiências em nosso quintalzinho, agregamos posts de quintais de amigos em: Visitando outros quintais.

Em Marcadores,
acesse
o Índice Alfabético Remissivo com todos os assuntos.

sábado, 7 de abril de 2012

Como fazer uma estufa para a horta.

 Mais uma opção de cobertura de sua horta, alem dos arcos e  tela de sombrite

Nós já havíamos aproveitado os bambus para fazer os arcos que sustentavam a tela de sombrite.
 Foi preciso reforçá-los com vergalhões. Ficou fácil para concluir a instalação da estufa. Apenas  
colocamos uma lona transparente sobre os arcos, já nos preparando para o frio que se anuncia.
Se uma geada se aproximar, basta desenrolarmos a lona que foi grampeada em um bambu e  
 enrolada para manter aberta a parte da frente da estufa e proporcionar ventilação. 
Durante o inverno mais rigoroso a água deve ser fornecida por irrigação. Nos dias mais
 quentes é possível deslizar a lona plástica e deixar que a chuva molhe a horta.

Detalhe: À entrada da horta, as ramas de orelha-de-padre teceram uma linda
 cortina de folhas.Já estamos colhendo muitas vagens.


A estufa foi projetada para que cubra a horta elevada e os canteiros verticais, que ficam ao seu
 lado, com frutíferas, temperos e ervas medicinais. Com a lona abaixada aqui protegemos a 
figueira,  a amora silvestre e as leguminosas do canteiro baixo.


 A intenção da estufa é proteger as plantas das geadas, a vantagem secundária é  a climatização
criada no interior da estufa, que possibilita um melhor desenvolvimento no crescimento das verduras.


 E não é preciso dizer que esteticamente ficou muito bonita a horta coberta com a estufa.

7 comentários:

  1. Qual a espessura da lona(plástico) e o nome do plástico.

    ResponderExcluir
  2. Caro Luiz:
    É uma lona plástica grossa, transparente de 4.00 m de largura e espessura 150 mícrons.
    A marca foi Lonas Paraná e o preço R$ 3,89 o metro, comprada numa loja de materiais de construção.
    Como tem 4.00 m de largura e calculamos que íamos precisar de dois pedaços de 7.00 m cada, para sobrepor um pouco na emenda, já pedimos para medirem e cortarem os pedaços separados na loja, para facilitar a colocação. Tenha em mãos uma boa fita adesiva para eventuais ajustes, por causa do vento. Usamos também um grampeador de móveis ou tachinhas para fixar um pedaço de madeira ou bambu nas extremidades,facilitando para enrolar.
    Bom trabalho.

    ResponderExcluir
  3. Gostei de tudo, principalmente de alimentar os peixinhos, lá embaixo !!

    Parabéns, Gilda !! Vou indicar o seu blog.

    Também vou adicionar como Amigos dos Grupos e Blogs-Ambiente.

    Paz e Felicidade, colaboradores e visitantes !!....Luiz Spinola

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Luiz Spinola,
      Muito obrigada pela visita, adesão e indicação.
      Abraço.

      Excluir
  4. Blog abençoado! Gostei muito de "palavra escrita e semeada".

    Tenho planos de morar em uma região também suscetível a geadas e achei a ideia da estufa muito viável além de fácil aplicação. Porém fiquei com uma dúvida: As pragas poderão encontrar um ambiente propício para proliferar dentro da estufa? Aliás, quais as dicas que a (Sra) daria para o controle de pragas e insetos como as formigas por exemplo?

    Deus abençoe.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Grata pela visita e bênçãos. Caro Luciano, costumamos colocar a lona plástica apenas quando esfria. Aqui a colocamos de junho a setembro, aproximadamente. A tela de sombrite já fica instalada para os excessos
      de sol do verão. Não temos tido problemas com pragas. Um bom modo de
      livrar-se da formigas é encharcar um pedaço de pão velho no vinagre. Deixe secar ao sol e rale no ralador fino.Deposite este farelo ácido
      próximo aos formigueiros.As formigas levam para dentro do formigueiro,o que provoca a extinção da cultura de fungos que é a base da alimentação das formigas. Sem alimento, sem formigas. Elas se mudarão para outro local. Com a vantagem de não ser tóxico para outros animais e seres humanos, como geralmente o são os formicidas.
      Ah, com relação à irrigação deve-se ter uma atenção redobrada, pois a lona proporciona o ressecamento acentuado do solo. Aqui utilizamos o
      excesso de água da chuva e colocamos uma mangueira na torneira das caixas de coleta. Deixamos a torneira aberta durante as grandes chuvas. Assim, ao invés de perdermos água da chuva pelo ladrão, direcionamos o excesso de água para os canteiros que ficam sob a estufa. Bom trabalho.

      Excluir
  5. Queria saber mais sobre estufa quero fazer uma lá em casa plantar rosas
    ...

    ResponderExcluir

Por favor, registre aqui sua passagem e opinião.
Obrigada