_AMOR, FLOR, VERDURA, PALAVRA, TUDO É SEMENTE!

_VIDA, HORTA, JARDINAGEM,

PROSA E POEMA:

PALAVRA ESCRITA E SEMEADA...

SEMPRE O MESMO PRINCÍPIO

GENEROSO DA SEMENTE.



Histórico e registro do projeto de criação e transformação de um quintal, hoje com horta, pomar e jardim, que já foi um grande monte de entulhos, mas que está se revelando um pedacinho do paraíso.
Verifique o "Antes e o depois" nos primeiros posts... Acredite... Aconteceu...
O possível se faz agora, o impossível demora um pouquinho mais...
De quebra vão alguns textos,receitas,meditações, artigos e poemas, semeados entre flores e verduras...
Que mistura...

Os textos e fotos são de própria autoria, aqueles que não o forem, trarão referência do autor.
Nossas imagens não deverão ser usadas para qualquer tipo de promoção de cunho comercial sob pena de responsabilização legal. Grata.


"Existe duas maneiras de ver o mundo: A primeira é que não existe milagres.
A segunda é que tudo é milagre."
Albert Einstein

Além das experiências em nosso quintalzinho, agregamos posts de quintais de amigos em: Visitando outros quintais.

Em Marcadores,
acesse
o Índice Alfabético Remissivo com todos os assuntos.

sexta-feira, 28 de fevereiro de 2014

Uvas do quintal.

                           
                              No ano passado colhemos um cachinho de uvas simbólico,
                              bem pequenino, só pra matar a vontade. Este ano a colheita
                              chegou a três cachos, doces e bem formados. Como aprendemos,
                              quando da colheita dos pêssegos maduros, na qual tivemos perdas,
                              literalmente plastificamos os cachos de uvas, para evitar danos,
                              tanto pela intervenção das aves, como dos insetos.
                                                                       


Aproveitamos alguns ramos de trigo que colhemos aqui no quintal
no ano passado e improvisamos um ensaio fotográfico cheio de significado.
Na verdade plantávamos grama de trigo para fazer suco de clorofila,
mas deixamos crescer e maturar uns ramos de trigo só para
admirarmos sua beleza.

Um pãozinho e um cálice de vinho para evocar o belo e
todas as bênçãos que  Deus derrama sobre o trabalho humano.

Acidentalmente, no fim do ensaio fotográfico, uma cotovelada
entornou nosso vinho sobre a mesa. Aproveitamos a foto. Por sorte,
a toalha branca estava protegida por um plástico transparente,
artimanha usada para poupar a toalha em refeições com crianças
 e adolescentes.

2 comentários:

  1. Muito bacanas as suas uvas Gilda! Eu tenho duas videiras de niágara em casa, ambas enxertadas, sendo uma da branca e uma da vermelha. Este ano colhi uns três quilos da branca, que está produzindo pela segunda vez. Já a vermelha produziu pela primeira vez, mas foi um únco caxinho. Como vc tem bem mais espaço que eu, com a poda correta e o passar dos anos, irá colher cada vez mais uvas e, talvez, possa produzir até seu próprio vinho. :) Se o fizer, se lembre de me enviar uma garrafa para prova, kkkkkkkkk!11 em tempo: vc ainda está procurando sementes da vinagreira (hibisco vermelho, groselheira)? Se sim, me mande seu endereço por e-mail. Consegui uma meia dúzia. :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ok. Já estou mandando. Muito obrigada.

      Excluir

Por favor, registre aqui sua passagem e opinião.
Obrigada