_AMOR, FLOR, VERDURA, PALAVRA, TUDO É SEMENTE!

_VIDA, HORTA, JARDINAGEM,

PROSA E POEMA:

PALAVRA ESCRITA E SEMEADA...

SEMPRE O MESMO PRINCÍPIO

GENEROSO DA SEMENTE.



Histórico e registro do projeto de criação e transformação de um quintal, hoje com horta, pomar e jardim, que já foi um grande monte de entulhos, mas que está se revelando um pedacinho do paraíso.
Verifique o "Antes e o depois" nos primeiros posts... Acredite... Aconteceu...
O possível se faz agora, o impossível demora um pouquinho mais...
De quebra vão alguns textos,receitas,meditações, artigos e poemas, semeados entre flores e verduras...
Que mistura...

Os textos e fotos são de própria autoria, aqueles que não o forem, trarão referência do autor.
Nossas imagens não deverão ser usadas para qualquer tipo de promoção de cunho comercial sob pena de responsabilização legal. Grata.


"Existe duas maneiras de ver o mundo: A primeira é que não existe milagres.
A segunda é que tudo é milagre."
Albert Einstein

Além das experiências em nosso quintalzinho, agregamos posts de quintais de amigos em: Visitando outros quintais.

Em Marcadores,
acesse
o Índice Alfabético Remissivo com todos os assuntos.

domingo, 5 de maio de 2013

Semente de lágrima-de-Cristo: Origem do nome?

                               Agradável surpresa: 
             Fizemos mais uma descoberta interessante no nosso quintalzinho: Descobrimos um
             adereço muito estranho entre as flores da lágrima-de-Cristo que já começavam a 
            degradar. Um fruto muito exótico, de um vermelho vivo, com duas excrecências que
            pareciam ser sementes.
             

                         Depois da fase branca e vermelha, a florzinha vermelha cai  e a parte branca
                         vai escurecendo  até ficar roxa e sequinha.
                                             
                                    Seguindo aquele velho costume de retirar as flores secas das
                                     plantas, encontramos algo que não eram  apenas flores secas.
                                     Havíamos pesquisado que esta planta devia ser reproduzida
                                     por estacas e que  não chegava a produzir sementes. Por isso
                                     nossa maior surpresa.

Duas grandes saliências vermelhas em forma de lágrima.
Será esta a origem do nome desta planta?

                                             Pensamos que a origem poderia ser por causa
                                             daquela  florzinha vermelha que adornava o interior
                                             do cálice  branco em forma de cápsula.

                                Mas depois deste cálice abrir-se em forma de estrela mostrando
                                duas lágrimas de sangue, nos questionamos sobre a origem
                                popular do nome lágrima-de-Cristo. Seria por causa  disso?
                                Você sabe a origem??  Se souber, por favor, comente abaixo.
                                A princípio quando olhamos a semente lembramos de um olho,
                                como no fruto do guaraná.        
                                    
                                 No final,  a parte vermelha seca e sobram apenas as 
                                 sementes pretas. No nosso caso, uma delas caiu no gramado
                                 e se perdeu. A semente que sobrou será plantada e veremos 
                                 se germinará.
                                                                           

                                Interagindo com um leitor
                                nosso que comentou sobre a condição
                                do caule desta planta ser oco, adicionamos as fotos da planta após
                                reação da queima pela geada. cortamos a ponta do broto
                                queimado e constatamos que realmente, o caule desta planta é
                                 tubular, isto é, parece um canudo.
                                                                           
A muda de lágrima-de-Cristo, plantada no canteiro
de manilha plástica, junto aos morangos. A bougainvíllea
sobe logo atrás e faz parte de um arco na nossa porta.
Plantamos esta trepadeira protegida para que sobreviva
ao nosso frio de inverno e geadas frequentes. Nós
praticamente enrolamos a rama sob o arco.
Segundo a observação do nosso leitor, que comentou
logo abaixo, a condição tubular do caule da planta,
bastante flexível e oco.
Adicionamos esta foto para completar a resposta ao
leitor.

16 comentários:

  1. Respostas
    1. Confesso que fiz como naquela lenda da gralha azul que é responsabilizada por plantar pinheirais. Conta a lenda que a ave enterrava a semente para comer depois e se esquecia, dando origem a novos pinheiros. Eu guardei a semente para plantar depois, só um detalhe insignificante: Vou precisar procurar, pois, no momento, não existe nem mesmo uma vaga lembrança do esconderijo. Mas se achar, e plantar, e... germinar, postamos aqui a tal façanha. Obrigada pela visita e pelo interesse.

      Excluir
  2. Outra dia consegui um ramo (galho) da "lágrima de cristo" vermelha. Ao cortar em diagonal observei o caule oco - plantei assim mesmo. O caule é normalmente oco?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Será que você não está fazendo confusão com as plantas. Será que não foi "coroa-de- Cristo" o galho que você plantou? É uma planta com espinhos, usada para sebes e cercas vivas. Não a temos no quintal por falta de espaço e também porque é tóxica. É melhor usada em espaços externos, sob supervisão se houver crianças e animais. Por isto prefiro não tê-la em casa. Seu látex pode provocar queimaduras, envenenamento e até cegueira. Não tenho informação sobre a consistência de seu caule. A lágrima-de-Cristo que temos aqui é uma trepadeira de caule fino e delicado. tem flores brancas com vermelho, como você pode ver na primeira foto desta postagem. Espero ter ajudado. Abraço.

      Excluir
  3. Tenho a coroa-de-cristo.
    O caule oco era da trepadeira lágrima-de-crsisto vermelha tipo a do link: http://gdetudoumpouco.blogspot.com.br/2013/09/lagrima-de-cristo-vermelha.html

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Desculpe, Nunca Tinha reparado neste detalhe.
      Bem, vamos ao que interessa, sua pergunta.
      Será que o caule da lágrima de Cristo é tubular,
      isto é, oco?
      Veja o que fiz: Cortei um pedacinho do caule
      que tinha sido queimado pela geada até
      chegar à porção ainda verde. E realmente,
      O que vi foi um caule oco. Não poderei
      cortar mais sob pena de machucar a planta
      que está em pleno vigor, brotando e se vestindo
      de flores. Mas, o pedaço que cortei, para tirar a
      dúvida, realmente é oco.
      Obrigada por esta contribuição.

      Excluir
  4. Boa tarde

    Por favor gostaria de uma orientação. Plantei uma lagrima de cristo e ela está com bastante flores brancas e não saiu ainda a florzinha vermelha...mais achei que a cor branca está um pouco acinzentada ou rosada é normal?? está cheia de flores umas estão branquinhas e outras acinzentadas meio rosa.. Se poder me responde te agradeço muito pois realmente gostaria que ela ficasse linda como as que vejo branquinha com vermelho. grata. Andreia

    ResponderExcluir
  5. Andreia,

    Pesquisando na web já encontrei diversos tipos desta flor, inclusive toda branquinha.
    A que temos aqui desabrocha branquinha, lança o cálice vermelho e depois vai mudando de cor, como você pode ver na postagem acima.
    Acredito que cada variedade tem suas características próprias, assim, como você pergunta, é normal, sim, apenas é diferente... talvez você precise de uma muda de outra variedade para diversificar seu jardim, mas, não se desfaça desta.
    Bom trabalho.

    ResponderExcluir
  6. Eu também encontrei hoje mesmo um desses frutos da lágrima de cristo. Achei muito interessante.

    ResponderExcluir
  7. Certo tempo atras, tb encontrei essas "sementes" na muda que tinha comprado pra plantar no quintal. Acabei jogando a semente no terreno e um tempo depois acabei cobrindo de terra durante a manutenção. Notei que nasceu uma pequena planta que nao parecia com nenhuma das outras e nem erva daninha. Como ela estava no meio de outras plantas, tentei retirar mas ela nao resistiu. Parecia o tipo de folha da Lagrima-de-cristo. Agora estao começando a despontar as novas flores, vou tentar tirar as sementes e plantar em lugar adequado. Abraços

    ResponderExcluir
  8. Certo tempo atras, tb encontrei essas "sementes" na muda que tinha comprado pra plantar no quintal. Acabei jogando a semente no terreno e um tempo depois acabei cobrindo de terra durante a manutenção. Notei que nasceu uma pequena planta que nao parecia com nenhuma das outras e nem erva daninha. Como ela estava no meio de outras plantas, tentei retirar mas ela nao resistiu. Parecia o tipo de folha da Lagrima-de-cristo. Agora estao começando a despontar as novas flores, vou tentar tirar as sementes e plantar em lugar adequado. Abraços

    ResponderExcluir
  9. Plantei uma destas e germinou, tratei-a com todo carinho até que a geada a consumiu. Outras virão...

    ResponderExcluir
  10. Como se faz uma muda através de galhos?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mary, pode sim fazer muda através de galhos, por estaquia ou alporquia. Mais comum é a estaquia. Ajuda se você mergulhar o galho num enraizante
      antes de plantá-lo. Veja https://plantandooverdeeoverbo.blogspot.com.br/search/label/Fitorm%C3%B4nios.

      Excluir
  11. A minha lágrima de Cristo está com sementes. Estou em dúvida quando posso colher para fazer o plantio e como trato a semente.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Espera a flor secar completamente, ela ficará um roxo desbotado, aí você pode colher e plantar...regue todos os dias que ela germinará....se quiser, coloque as sementes por dois dias submersas na água para quebrar a dormência e depois plante....elas germinarão....

      Excluir

Por favor, registre aqui sua passagem e opinião.
Obrigada