_AMOR, FLOR, VERDURA, PALAVRA, TUDO É SEMENTE!

_VIDA, HORTA, JARDINAGEM,

PROSA E POEMA:

PALAVRA ESCRITA E SEMEADA...

SEMPRE O MESMO PRINCÍPIO

GENEROSO DA SEMENTE.



Histórico e registro do projeto de criação e transformação de um quintal, hoje com horta, pomar e jardim, que já foi um grande monte de entulhos, mas que está se revelando um pedacinho do paraíso.
Verifique o "Antes e o depois" nos primeiros posts... Acredite... Aconteceu...
O possível se faz agora, o impossível demora um pouquinho mais...
De quebra vão alguns textos,receitas,meditações, artigos e poemas, semeados entre flores e verduras...
Que mistura...

Os textos e fotos são de própria autoria, aqueles que não o forem, trarão referência do autor.
Nossas imagens não deverão ser usadas para qualquer tipo de promoção de cunho comercial sob pena de responsabilização legal. Grata.


"Existe duas maneiras de ver o mundo: A primeira é que não existe milagres.
A segunda é que tudo é milagre."
Albert Einstein

Além das experiências em nosso quintalzinho, agregamos posts de quintais de amigos em: Visitando outros quintais.

Em Marcadores,
acesse
o Índice Alfabético Remissivo com todos os assuntos.

quinta-feira, 23 de maio de 2013

Hoje, o único tempo que existe...


Hoje

Hoje tenho tempo...
Tenho todo o tempo nas mãos...
Tempo para escrever...
Tempo para pensar...
Tempo para ler...
Tempo para plantar...
Já não pergunto sobre o tempo,
E os seus significados...
Hoje eu tenho tempo...
Para curtir os filhos...
Para cultivar uma flor,
Para sentir seu odor...
Hoje eu tenho tempo,
Para cuidar de mim,
Pra me pintar de carmim
No espelho de mim mesma...
Hoje tenho tempo...
De cultivar amigos...
Os novos e os antigos...
De abrir meus E-mails e meus inteiros...
Hoje tenho tempo...
Amanhã não sei,
Ele ainda nem chegou...
E se vir será um Presente!
Tem gente que nem sente,
Que o dia amanheceu...
Hoje tenho tempo...
De orar de um novo jeito,
Que alimenta a alma,
E liberta o coração...
Hoje fiz uma viagem,
Ao interior do meu ser,
Com paciência de lesma,
E, tendo encontrado a mim mesma...
Quase chorei de emoção...
Descobri que sou feliz
De expandir o coração...

Renata Claude-Saison  

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Por favor, registre aqui sua passagem e opinião.
Obrigada